Uso de CPAP e BIPAP exige cuidados com o novo coronavírus

Publicado em 26/03/2020

Ações de prevenção são fundamentais para evitar a contaminação pelo novo coronavírus, responsável pela covid-19. Este cuidado exige atenção especial para usuários de CPAP e BIPAP, já que os aparelhos podem ajudar a transmitir de forma mais fácil o vírus, expondo pessoas que convivem no ambiente.

Veja algumas orientações importantes:

• Como a apneia obstrutiva do sono é um problema crônico, o risco de interromper o tratamento por um período curto é limitado, com exceção de casos graves e de pacientes com síndromes de hipoventilação. Por isso, vale avaliar esta opção junto ao médico.

• Cabe ao especialista indicar a melhor alternativa de tratamento, que pode incluir a terapia posicional e o uso de aparelho intraoral, descongestionantes ou anti-inflamatórios.

• É importante lembrar que o paciente com covid-19 deve permanecer em quarentena por pelo menos 14 dias e os coabitantes devem seguir recomendações de isolamento domiciliar. Neste caso, consulte também o médico responsável.

• Caso precise usar os equipamentos, lembre-se de higienizá-los com cuidado dobrado, lavando com água e sabão/detergente e higienizando com álcool 70% máscara, traqueia do aparelho e umidificador logo após o uso.

• Limpe os móveis do quarto situados próximos ao aparelho com álcool 70%.

• Mantenha o quarto com ventilação natural.

A Clínica do Instituto do Sono conta com um Serviço de Apoio, onde um fisioterapeuta orienta sobre o uso do CPAP/BIPAP e pode oferecer auxílio àqueles que tiverem dúvidas. O agendamento é feito pelo telefone (11) 2108-7666.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support