Sono na gestação

Publicado em 07/01/2020

A gestação é um período na vida da mulher em que muitas transformações físicas e psíquicas acontecem. Os distúrbios de sono como insônia, pernas inquietas e apneia obstrutiva do sono são comuns durante a gravidez. A insônia pode acontecer por uma gestação indesejada, ou mesmo um momento não programado, entre outras causas.  As pernas inquietas podem ocorrer pela hemodiluição relativa (diminuição do ferro relativo, que ocorre durante a gravidez). A apneia pode ocorrer por estreitamento de vias aéreas superiores (acúmulo de líquido) e também em associação com outras doenças na gravidez. A hipertensão arterial, na gestação, por exemplo, pode se associar com apneia. O ronco e apneia na gestação podem levar a complicações desfavoráveis no feto e no recém-nascido.  

O controle de queixas de sono que venham a aparecer ou se exacerbar durante a gestação deve ser compartilhado com o médico do pré-natal. Nem sempre será possível uso de medicações para insônia, mas diversas intervenções, como terapia cognitivo-comportamental e meditação, poderão ajudar. A suplementação de ferro é benéfica para o controle das pernas inquietas. Se houve ronco e apneia, é importante a orientação de um profissional especializado em sono, que poderá orientar o uso ou não de CPAP durante a gestação, com objetivo de proteger o feto.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support